Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE REAL ASSOCIAÇÃO DE LISBOA

Carta aberta à Direcção da Lusa

RAL_Carta_Aberta.png

À Direcção da Agência Lusa

Exmos. Senhores,

 

Mário Cruz assinou uma notícia em nome da Lusa no passado dia 30 de Novembro contendo declarações de Sua Alteza Real o senhor Dom Duarte, Duque de Bragança, na qual este é repetidamente tratado por "Duarte Pio".

A Real Associação de Lisboa toma boa nota que a Lusa adoptou o estilo precursor dos "call centres", passando a referir-se às pessoas apenas pelos seus nomes próprios e estranha, por isso, que o jornalista Mário não o tenha aplicado a si próprio, insistindo no atavismo de recordar aos leitores a sua "Cruz" .

No caso de a Lusa pretender retomar as regras de mediana civilidade a que costumava ater-se, a Real Associação de Lisboa sugere-lhe que, numa próxima notícia sobre o Chefe da Casa Real portuguesa, no mínimo, opte pela designação "Duarte de Bragança" de modo a não privar SAR o senhor Dom Duarte do tratamento pelo nome e apelido a que qualquer cidadão português tem direito.

A Real Associação de Lisboa recorda à Lusa que o senhor Presidente da República não padece do mesmo mal, não temendo referir-se de modo condigno ao Duque de Bragança e não esconde que se lhe afigura razoável que a agência noticiosa portuguesa possa futuramente vir a seguir-lhe o exemplo.

Estamos convictos que a direcção da Lusa dará bom acolhimento ao reparo a que a Real Associação dá voz, recordando que o tratamento com a inclusão do apelido, como atrás ficou implícito, não constitui sequer uma especial deferência pelo Duque de Bragança, mas antes um sinal de boa educação que não pode deixar de ser por nós reivindicada.

A Real Associação de Lisboa é simultaneamente a estrutura regional da Causa Real com jurisdição sobre a Área Metropolitana de Lisboa e a maior organização monárquica de cariz local tendo mais de 2.000 associados. É uma associação de monárquicos, logo de cidadãos que acreditam nas vantagens da Instituição Real, visando o bem-estar das populações e o desenvolvimento harmonioso das localidades que vem servindo ao longo dos anos.

A Direcção da Real Associação de Lisboa

____________________________________________________________

Em resposta à nossa missiva, recebemos há momentos uma resposta da direcção da Agência Lusa que nos apraz registar e que a seguir transcrevemos. 

 

Caro Sr. João Távora,

 

Antes de mais, obrigado pela sua mensagem.

Por uma questão de devida atribuição de responsabilidades, deixe-me dizer-lhe que o meu colega Mário Cruz não tem qualquer responsabilidade na notícia escrita pela Lusa. Na realidade, o Mário é fotojornalista e daqueles que projeta o nome de Portugal para o Mundo (http://www.meiosepublicidade.pt/2016/02/mario-cruz-fotografo-da-lusa-ganha-world-press-photo/).

Quanto à notícia propriamente dita, há de facto um erro, até com a prática que sempre foi seguida pela Lusa que sempre escreveu “Duarte Pio de Bragança”.

Tudo faremos para que no futuro tal erro não volte a acontecer.

 

Cumprimentos,

Vítor Costa

A Real Associação de Lisboa é uma estrutura regional integrante da Causa Real, o movimento monárquico de âmbito nacional. Esta é uma associação que visa a divulgação, promoção e defesa da monarquia e da Instituição Real corporizada na Coroa Portuguesa, cujos direitos dinásticos estão na pessoa do Senhor Dom Duarte, Duque de Bragança e em quem legitimamente lhe vier a suceder. Cabe a esta associação a prossecução de iniciativas e de projectos de interesse cultural, social, assistencial e de solidariedade que visem a dignificação, a valorização e o desenvolvimento dos seus associados e da comunidade em que se insere.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D